.
.

Vivisseção: pesquisa ou crueldade?

Imensos animais são mortos todos os anos para serem dissecados em experiências com fins educativos. Muitos destes animais são retirados dos seus habitats naturais e ecossistemas inteiros ficam ameaçados. Muitos animais são submetidos a uma crueldade e sofrimento inacreditáveis até se tornarem “espécimes para dissecação”. Os cães e gatos que se encontram abandonados ou em canis, ratos, coelhos e porquinhos-da-índia são levados para locais que colaboram com escolas e universidades, onde vão ser atordoados e posteriormente aprisionados por um sistema onde lhes vai ser injectado, ainda conscientes, formol. Esta substância, que serve para preservar, quando introduzida no corpo dos animais equivale à introdução de água a ferver.


No entanto, se ao invés da dissecação se optar pela utilização de métodos e ensino alternativos entre os quais se contam a utilização de modelos e simuladores mecânicos, filmes e vídeos interativos, simulação computadorizada e realidade virtual e o uso responsável de animais (animais que morreram naturalmente), poderemos salvar muito animais que são cruelmente mal tratados em nome da ciência.

Fontes:
centroveterariano-org
.

1 observações:

  1. Anónimo disse...

    NADA, ABSOLUTAMENTE NADA JUSTIÇA TANTA CRUELDADE PARA COM OS ANIMAIS. VOCÊS CAUSADORES DISTO HÃO DE PAGAR POR SEUS PECADOS NO JUÍZO FINAL. AMÉM.

Enviar um comentário

.
As imagens que ilustram os textos publicados neste blogue são seleccionadas, aleatoriamente, através do motor de busca Google. Agradecemos aos respectivos autores o enriquecimento visual que os seus trabalhos proporcionam e, se não divulgamos a sua origem é porque, na maioria dos casos, a mesma é, para nós, desconhecida. Para salvaguarda dos direitos de autor, estamos à inteira disposição dos eventuais lesados, para revelar a identidade do criador das fotos e/ou desenhos publicados. Observador@
.